Cuidados com pele oleosa

A pele oleosa é o tipo predominante em nosso país: cerca de 60% de brasileiras entre 15 a 65 anos a possuem e sofrem com algumas de suas características. Isso corre devido a vários elementos: clima, fatores genéticos, alimentação, nível de estresse, alterações hormonais, cosméticos, entre outros aspectos.

Oque torna o rosto oleoso?

Pode ter caráter genético ou causas secundárias, como alterações hormonais, alimentação inadequada, estresse e uso de substâncias cosméticas.

Algumas possíveis causas para o aumento da atividade das glândulas sebáceas são:

  •  Alimentos com alto índice glicêmico, pois o excesso de carboidrato e açúcar estimula a produção das glândulas sebáceas.
  •  Estresse contínuo, que mantém o hormônio cortisol alto.
  • Cremes e cosméticos muito oleosos e oclusivos.
  • Variações de temperatura, pois as glândulas sebáceas são sensíveis ao aumento de temperatura e produzem mais secreção durante o verão.
  • Suplementos com anabolizantes, que podem aumentar o nível de hormônios masculinos.
  • Excesso de vitamina B.
  • Alguns medicamentos, como antidepressivos e anti-inflamatórios.

 

Como combater o problema

É fundamental a todos os tipos de pele limpar, tonificar, hidratar e proteger a face diariamente. Quem tem rosto oleoso deve manter a higiene com frequência.

Limpeza

A limpeza adequada é fundamental para remover impurezas externas e, até mesmo, secreções internas, usar sabonetes ou outros produtos que sejam específicos para o seu tipo de pele. O indicado é que a limpeza seja feita no máximo 3 vezes por dia.  Ela evita a obstrução e o entupimento das glândulas sebáceas.

Uso de loções secativas

O tônico pode ser usado. Opte por um artigo sem álcool na fórmula e, de preferência, que contenha propriedades anti-inflamatórias.

Hidratação

É ideal com o uso de sérum e veículos leves, próprios para peles oleosas. Geralmente são hidratantes com efeito matificante. O uso de dermocosméticos hidratantes serve tanto para evitar a inflamação precursora da acne, quanto para mantê-la hidratada, viçosa e saudável.

Proteção

Não só para proteger a pele dos raios solares, mas também para manter sua saúde, os filtros solares são uma etapa indispensável para os cuidados com qualquer tipo de pele. Evite se expor ao sol e use sempre protetores solares oil free e não comedogênicos. Tanto o sol quanto o calor em excesso estimulam o funcionamento das glândulas sebáceas, favorecendo o aumento da oleosidade.

Maquiagem

Produtos oleosos obstruem os poros e podem piorar as lesões. Atualmente, existem de maquiagem oil free, não comedogênicas, com efeito matte e que até podem ajudar a diminuir a oleosidade da pele. Quando for se maquiar, é preciso limpar bem a pele antes e após o seu uso.

 Medicamentos

O uso local e noturno de cremes, géis ou loções ajuda a promover a desobstrução dos folículos pilosos, regulando a forma como as células da pele se multiplicam e a produção de oleosidade. Os principais princípios ativos são retinoides, peróxido de benzoíla, alfa-hidroxiácidos e ácido salicílico.

Alimentação

Procure manter uma alimentação saudável, com menor consumo de carboidratos e açúcar. O leite e seus derivados contribuem para a produção de óleo das glândulas sebáceas, por isso, é bom que sejam evitados por quem tem esse tipo de pele. Beba cerca de dois litros de água por dia e pratique exercícios para aliviar a tensão e o estresse do dia a dia.

 

Compartilhar este post

Precisa de ajuda? nos chame no Whatsapp.