Dicas De Quando E Onde Não Usar A Crase

Quando não usar a crase: 6 situações que não pedem a crase + dicas

“Vou a Brasília”, “Entreguei o papel a ele”, “A casa estava a 50 metros de mim”. Parece simples, mas há muita gente que não sabe quando não usar a crase. Se você compartilha dessa dificuldade, saiba que neste artigo seus problemas acabaram, pois vamos listar dicas e exemplos sobre onde não usar a crase.

A crase é formada pela junção de duas vogais iguais, recebendo o acento grave. Para você nunca mais errar nessa pontuação, vale seguir nossas dicas e aprender de forma definitiva quando evitar a crase. Veja abaixo a listinha que preparamos!

Quando não usar a crase

Não se deve usar a crase nas 6 situações a seguir. Acompanhe!

1. Antes de verbos

  • Minha mãe está disposta a sair;
  • Eu vou ensinar minha irmã a aplicar o SEO.

2. Antes de substantivo masculino

  • Aquela loja vende a prazo;
  • Ela leva tudo a ferro e fogo.

Há uma exceção quando locuções prepositivas estão implícitas, como “à moda de” ou “à maneira de”, então, mesmo diante de palavras masculinas é preciso usar a crase:

  • Ele escreve à Rubem Fonseca (à moda de Rubem Fonseca, ao estilo de Rubem Fonseca).

3. Antes de numerais (exceto horas)

  • A rua mencionada fica a três quilômetros daqui;
  • As inscrições chegaram a duzentas em uma hora.

4. Antes de alguns pronomes

  • Feliz Natal a todos os presentes;
  • Dei ouvidos a

5. Antes de palavras repetidas, independente do gênero

  • Fiquei lado a lado com ela;
  • Ficamos face a

6. Antes de palavras femininas no plural

  • O assunto foi explicado a pessoas mais leigas;
  • O presidente se dirigiu a jornalistas;

A exceção, nesse caso, é quando os substantivos femininos são especificados. Sendo assim, a crase ocorre no plural. Veja exemplo:

  • O presidente se dirigiu às

Dicas para saber quando não usar a crase

Antes de localidades

A dica é trocar a preposição “a” pelas preposições “de” ou “em”. Se der certo, é porque não tem crase, veja exemplo:

  • Vou a Brasília / Vou à Amazônia.
  • Vim de Brasília / Vim da Amazônia.
  • Estou em Brasília / Estou na Amazônia.

Observe que a simples troca da preposição ‘a’ pelas preposições ‘da’ ou ‘na’  evidenciam o uso obrigatório da crase.

Antes de terra e casa

Não se usa crase antes da palavra ‘terra’ se ela significar chão:

  • Cheguei a terra firme.
  • Voltei à terra de meu pai (terra como localidade).

Também não se usa crase antes da palavra ‘casa’ quando ela não vier acompanhada de adjunto adnominal:

  • Retornei a casa como todos esperavam.
  • Retornei à casa de meus pais (com adjunto adnominal).

Viu como apenas 6 situações e algumas dicas sobre quando não usar a crase são bem simples? Se você conseguiu entender e quer ajudar mais alguém com a mesma dificuldade, compartilhe este post agora mesmo!

 

 

 

 

Compartilhar este post

Precisa de ajuda? nos chame no Whatsapp.