Páscoa

Páscoa é uma das festas mais tradicionais do calendário cristão e tem suas origens baseadas tanto na tradição judaica como em elementos pagãos que foram apropriados de povos cristianizados, como os germânicos. Essa celebração possui data móvel e o seu sentido cristão relembra a crucificação e ressurreição de Cristo.

A Páscoa tem diferentes significados para cada pessoa. Alguns aproveitam o momento com a família, outros gostam de aproveitar o feriado prolongado para viajar, fora a festa que a compra de chocolates representa. O fato é que a data é uma das mais comemoradas em todo o mundo – e sua origem é bastante antiga: a celebração cristã é baseada na festa Pessach, de origem judaica, que significa “passagem” em hebraico. A celebração faz referência ao êxodo do povo judeu do Egito, no momento em que, guiados por Moisés, deixaram de ser escravos e conquistaram sua liberdade.

Pensando nisto resolvemos separar algumas curiosidades sobre esta data tão importante:

  • A palavra “Páscoa” chegou ao português através do latim e, antes do grego “pascha”, no sentido de pastagem ou alimento, por ser o momento de terminar o jejum da Quaresma.

 

  • A tradição cristã mais popular para o cardápio da Sexta-feira Santa é o consumo de peixes. O costume se espalhou como uma das ações de sacrifício propostas pela Bíblia, em homenagem à Jesus Cristo, aos seus 40 dias de jejum no deserto e à sua crucificação.

 

  • Em muitos países da Europa, até hoje, existe a crença de que comer ovos de chocolate no Domingo de Páscoa traz saúde e sorte durante todo o ano. Em outros lugares do mundo acredita-se que colocar na mesa um ovo de galinha, na Sexta-feira Santa, afasta doenças.

 

  • A Páscoa começou a ser comemorada 1.400 anos depois da morte de Jesus Cristo. Ela surgiu a partir de pastores nômades que celebravam o início da primavera no Hemisfério Norte. Até os dias de hoje, por sinal, os países do Norte valorizam a chegada da estação das flores na data.

 

  • Os ovos aparecem em muitas tradições antigas como símbolo da vida e do nascimento.

 

  • O coelho representa a Páscoa por também ser um símbolo da vida, assim como o ovo.

 

  • A Páscoa é uma festa móvel comemorada no primeiro domingo depois da lua cheia após o início do equinócio da primavera no hemisfério norte, variando entre 22 de março e 25 de abril.
  • O lírio branco é a flor símbolo da Páscoa por representar a ressurreição.

  • Um estudo mostrou que 76% das pessoas que comem um coelho de chocolate começam mordendo as orelhas. 5% começam pelos pés, e 4% mordem primeiro o rabo do coelho.

 

  • Em muitos países da Europa, até hoje, existe a crença de que comer ovos de chocolate no Domingo de Páscoa traz saúde e sorte durante todo o ano. Em outros lugares do mundo acredita-se que colocar na mesa um ovo de galinha, na Sexta-feira Santa, afasta doenças.

 

  • Os ovos de chocolate vieram dos Pâtissiers franceses que recheavam ovos de galinha, depois de esvaziados de clara e gema, com chocolate e os pintavam por fora. Os pais costumavam esconder ovos nos jardins para que as crianças os encontrassem na época da Páscoa. Com melhores tecnologias, a partir do final do século XIX, se difundiram os ovos totalmente feitos de chocolate, utilizados até hoje.
  • Os ovos totalmente feitos de chocolate surgiram no final do século 19

  • Uma parcela dos Cristãos Ortodoxos são contra os ovos de chocolate. Isso acontece pois acham que a comemoração acabou se tornando algo muito pagão.

 

  • Finlandeses e suecos costumam fazer um pequeno Halloween nas vésperas da Páscoa (na quinta-feira ou no sábado anteriores). Na celebração, as crianças se vestem de bruxas e pedem doces nas casas.

 

 

Compartilhar este post

Precisa de ajuda? nos chame no Whatsapp.