Robótica

A robótica consiste em uma série de procedimentos para que um robô seja capaz de executar um conjunto de instruções. O ensino dessa prática está cada vez mais comum nas escolas, porque aproxima os estudantes das tendências tecnológicas do cotidiano.

Hoje, um robô tem condições de fazer várias atividades, como limpar uma casa, carregar objetos, emitir sons e se comunicar por sinais luminosos. Fazer com que uma máquina interaja com o ser humano é um desafio que estimula os alunos a ter mais engajamento com o ambiente escolar.

A robótica faz com que os alunos tenham uma maior proximidade com a ciência e a tecnologia, áreas do conhecimento que geram grande interesse nos estudantes. Por isso, a programação de robôs gera uma série de benefícios para a qualidade do ensino.

Para ajudá-lo a compreender melhor o papel da robótica, destacaremos algumas vantagens que ela oferece aos alunos.

Nas aulas de robótica, são apresentados problemas que devem ser solucionados. Isso exige muita concentração e uma sequência lógica para concretizar a tarefa. Se não houver ligação entre as iniciativas necessárias para a resolução de um problema, os estudantes ficarão perdidos e não terão um bom rendimento. Esse aspecto mostra como o raciocínio lógico é indispensável para a montagem de um roteiro a fim de obter o resultado esperado.

Os desafios são fundamentais para a formação de um pensamento crítico que envolva não apenas a criação do robô, mas também as atividades que ele deve realizar e os mecanismos usados para controlar esse equipamento.

Além do raciocínio lógico, os estudantes de robótica têm maior direcionamento para o trabalho em equipe. Algumas escolas promovem competições em que a capacidade de programar um robô é avaliada.

Nessas disputas, são formadas equipes que priorizam o desenvolvimento de robôs para efetivar uma tarefa específica ou uma série de atividades. Somente alcançam resultados expressivos os grupos que exploram, ao máximo, a capacidade dos integrantes de contribuir com ações para a execução de um trabalho de alto nível.

Um desempenho acima da média apenas é viável caso haja no grupo união e humildade para atingir o objetivo. Essa mentalidade se fortalece à medida que os estudantes participam de mais competições do segmento de robótica.

A programação de robôs é um desafio que estimula bastante a criatividade, porque os alunos são obrigados a sair da zona de conforto. Em outras palavras, devem pensar em soluções práticas e eficientes para resolverem uma demanda o mais rápido possível.

Na Impactus, os cursos têm como foco fazer com que os estudantes sejam criativos em todas as etapas de um projeto (análise do cenário atual, planejamento, execução e monitoramento).

Nenhuma invenção se torna relevante, se não houver um esforço criativo para torná-la algo diferenciado. Ficar acomodado e esperando as soluções dos problemas surgirem do nada é um dos maiores erros que alguém comete atualmente.

O raciocínio lógico, o espírito de equipe e a criatividade são fatores imprescindíveis para resolver problemas difíceis. Por outro lado, não adianta os alunos de robótica terem essas características, caso não apresentem um fator muito relevante para não sucumbir diante dos problemas: a persistência.

Outra qualidade importante que é desenvolvida pelos que adotam a programação de robôs é a resiliência. A habilidade de se adaptar a diferentes cenários é um diferencial para quem trabalha com tecnologia. Isso porque gera mais tranquilidade e confiança para enfrentar desafios e situações adversas.

 

Para conhecer mais sobre os cursos da Impactus, entre em contato conosco agora mesmo! Afinal, o conhecimento é crucial para vencer desafios e construir uma carreira de sucesso!

 

Compartilhar este post

Precisa de ajuda? nos chame no Whatsapp.